Smiley face

Advogada desaparecida há quatro dias encontrada morta na própria casa

0 342

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Carolina Joaquim de Sousa da Silva, de 26 anos, dada como desaparecida na passada quinta-feira, 29, foi encontrada morta na fossa da sua própria residência, informa a delegação provincial de Luanda do Ministério do Interior, avança o Novo Jornal Online.

Através de um comunicado, a delegação provincial do Ministério do Interior-Luanda avança que o corpo da vítima foi localizado esta segunda-feira, 3, após “árduo trabalho de investigação dos operacionais do SIC-Luanda”.

Na mesma nota, em que endereça à família enlutada os mais profundos sentimentos de pesar, o MININT-Luanda adianta que “diligências prosseguem no sentido do esclarecimeto das causas da morte, localização e dos suspeitos”.

A mensagem recorda que o alerta para o desaparecimento de Carolina Joaquim de Sousa Da Silva foi dado pela família no passado dia 29 de Novembro.

Segundo relatou o marido da vítima, Carolina, que trabalhava há cinco anos como advogada, saiu de casa para o trabalho e nunca mais deu sinal de vida. O agora viúvo disse mesmo que acompanhou a mulher a uma paragem de táxi, facto que adensa o mistério sobre a morte, visto que o corpo foi encontrado na fossa da sua própria residência.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »