Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Mandado de captura contra o antigo presidente do Burundi

Jornal de Angola

A União Africana advertiu as autoridades do Burundi sobre as consequências que podem resultar da sua decisão de emitir um mandado de captura internacional contra o antigo presidente Pierre Buyoya.

Para a União Africana, a emissão desse mandado de captura pode afectar todos os esforços de paz em curso para a região onde o Burundi está inserido, considerando não haver indícios que justifiquem essa decisão.

As autoridades do Burundi decidiram accionar esse mandato de captura depois de acusarem o antigo chefe de Estado e outras 16 personalidades a ele ligadas de envolvimento directo no assassinato do primeiro líder Hutu democraticamente eleito, Melchior Ndadaye, em 1993.

Actualmente a residir no Mali, Pierre Buyoya, da etnia Tutsi, esteve duas vezes no poder durante os últimos 30 anos e desempenhou um papel preponderante no processo de paz que colocou um ponto final naquele conflito, em 2005, e possibilitou a realização de eleições que viriam a ser vencidas pelo actual presidente Pierre Nkurunziza, de etnia Hutu.

Pierre Buyoya, de 69 anos de idade, é neste momento um conceituado diplomata escolhido pela União Africana para intervir em diversos processos de mediação e sempre desmentiu qualquer participação ou cumplicidade no assassinato de Melchior Ndadaye

Neste momento, a União Africana está envolvida num processo de negociação no Burundi para dirimir o conflito que surgiu depois de Pierre Nkueunziza ter concorrido em 2015 a um terceiro mandato, estando prevista para o dia 27 de Dezembro a realização de uma cimeira para tentar resolver o problema.

Desde 2015, em virtude de repetidos protestos contra a decisão de Nkurunziza, centenas de pessoas morreram e mais de 400 foram obrigadas a fugir para os países vizinhos.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »