Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Malanje: Êxodo rural continua

Voa

Falta de infraestruturas de educação contribui para fuga para as cidades.

Centenas de adolescentes, jovens e adultos abandonam todos os anos as comunidades rurais de Malanje para continuarem os estudos ou conseguir o primeiro emprego na capital da província ou em outras cidades angolanas.

A ausência de escolas do I e II ciclos do ensino secundário contribui para o êxodo rural e das assimetrias regionais por falta de quadros e outros serviços sociais básicos.

No município de Calandula com apenas com 23 escolas e 419 professores, o director municipal interino da Educação, César Kuribandeca, disse que a fuga de dezenas de quadros acontece todos os anos.

Na comuna do Lombe, município de Cacuso, a 24 quilómetros da cidade de Malanje, o problema é o mesmo.

António Benedito Kafumana está neste momento a terminar o 3º ano do curso de enfermagem geral nesta cidade e não tenciona voltar a terra natal.

“A falta de escolas lá do ensino médio é que faz com que eu e alguns estudantes viéssemos para cá dar continuidade e progresso aos nossos estudos”, disse, acrescentando que “lá está uma situação precária, um desenvolvimento nada bom”.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »