Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Destacado desempenho da OPA na História do país

O presidente da Organização de Pioneiro Angolano (OPA) destacou, em Luanda, o reconhecimento da estrutura infanto-juvenil de ter adquirido um espaço privilegiado na história do país, face ao espírito patriótico daqueles que a pensaram e concretizaram as suas aspirações nos momentos mais difíceis da vida do povo angolano, escreve o Jornal de Angola.

Ao intervir no encerramento das festividades daquela organização, que se realizou sob o lema “OPA 55 anos na educação patriótica da criança angolana”, António Rosa disse que ao comemorar a data pretendeu-se prestar uma justa homenagem à todas crianças angolanas que, de uma forma directa ou indirecta, contribuíram para a conquista da independência nacional, da paz e da reconciliação.

“A OPA é uma verdadeira escola que sempre contribuiu na educação patriótica das crianças angolanas. Muitos dirigentes, responsáveis, professores, médicos, papás, tios, guias e outros encarregados de educação e não só, foram pioneiros e passaram por esta escola que continua a ensinar as crianças a aprenderem as boas maneiras, bons hábitos e costumes”, precisou.

António Rosa considera, por outro lado, o estudo como um dos principais deveres das crianças, porque estas serão os adultos de amanhã e darão continuidade da obra de todos aqueles que trabalharam para o desenvolvimento do país.
Pelo facto de o acto central da Organização do Pioneiro Angolano coincidir com o Dia Mundial de Luta contra Sida, o responsável reiterou o compromisso da OPA no combate à epidemia.

O director adjunto do Instituto Nacional da Criança (INAC), Paulo Calesse, disse que a Organização do Pioneiro Angolano (OPA) sempre se posicionou como uma escola que sempre se pautou nos valores culturais, éticos, políticos e patrióticos do país.

Paulo Calesse aconselhou as crianças angolanas a pautarem pelo seu crescimento intelectual, de modo a se tornarem os adultos do amanhã e dispostos a darem o seu melhor para o desenvolvimento de Angola.
O acto central foi marcado com o ingresso de algumas crianças na organização, fundada em 1963. O momento juntou antigos e novos integrantes, membros do Executivo e convidados.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »