Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Confrontos entre Forças Armadas e rebeldes provocam 15 mortos na RDC

Os combates entre as forças armadas e rebeldes Yakutumba, que contestam o Presidente Kabila, fizeram hoje 15 mortos na província do Kivu Sul, no leste da República Democrática do Congo, indicaram fontes militares.Escreve o Notícias ao Minuto que cita a Lusa

Estas milícias são aliadas dos rebeldes da Frente Nacional de Libertação (FNL) do vizinho Burundi.

“Os rebeldes já perderam 12 combatentes, incluindo o comandante Alida, o adjunto de Yakutumba”, disse um porta-voz das forças armadas na região, o capitão Dieudonné Kasereka.

“Três soldados foram encontrados mortos juntos das suas armas num riacho”, referiu, citado pela AFP.

Em setembro de 2017, a milícia Yakutumba tinha tomado diretamente umas das grandes vilas da província do Kivu sul, Uvira, grande porto junto ao lago Tanganika.

Em fevereiro deste ano, a armada congolesa tinha afirmado ter destruído os Yakutumba numa ofensiva.

Rico em minerais, o território de Fizi esteve no centro da rebelião de Laurent-Désiré Kabila, o pai do atual Presidente congolês, e da Aliança das Forças Democráticas de Libertação (AFDL), que tomou o poder, em maio de 1997, afastando Mobutu Sese Seko.

Mais de uma centena de grupos armados estão localizados no leste da RDCongo.

As eleições no país para designar o sucessor do Presidente Kabila estão previstas para 23 de dezembro.

As eleições presidenciais vão designar o sucessor de Joseph Kabila, que está no poder desde 2001 e não pode concorrer às eleições, uma vez que já cumpriu dois mandatos como chefe de Estado, tal como prevê a Constituição.

A campanha eleitoral começou na quinta-feira com 21 candidatos presidenciais, aprovados pela Comissão Nacional Eleitoral Independente (CENI), e terminará em 21 de dezembro à meia-noite, dois dias antes das eleições.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »