Smiley face

Angola: Ministro dos Antigos Combatentes reúne com embaixadores asiáticos

Angop

0 35

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos “Liberdade” reuniu, esta segunda-feira, em Luanda, em audiências separadas, com os embaixadores da República Popular da China, Cui Aimin e da Índia, Srikumar Menon, com quem abordou questões que se prendem com a reintegração socioeconómica dos assistidos.

No encontro com o embaixador chinês, o governante angolano falou sobre a promoção de acções de cooperação bilateral entre os dois países, no que tange aos antigos combatentes e veteranos da Pátria.

Nesta senda, o diplomata chinês manifestou o interesse do seu país em cooperar nas áreas da agricultura, pescas e agro-pecuária, tendo, para o efeito, avançado as regiões onde poderão ser implementados os respectivos projectos em que poderão ser inseridos alguns antigos combatentes.

Na ocasião, Cui Aimin exprimiu o desejo de o ministro angolano dos Antigos Combatentes e Veteranos da pátria visitar a República Popular da China, em 2019, para o reforço da partilha de experiências neste domínio.

O ministro angolano, no seu turno, manifestou interesse de cooperar com o Governo chinês, para além das áreas já mencionadas, como nos domínios da formação técnico-profissional dos antigos combatentes e dos veteranos da pátria, da reabilitação física dos deficientes de guerra.

A audiência com o embaixador da Índia, Srikuma Menon, serviu para dar continuidade a abordagem das acções levadas a cabo durante a última visita ministerial dos antigos combatentes e veteranos da Pátria ao país do indico.

Desta feita, no domínio da formação de quadros, as partes reafirmaram a necessidade do reenvio à Índia de antigos combatentes e de veteranos da Pátria, além de continuarem a trabalhar no programa de revitalização dos assistidos.

Srikumar Menon reiterou a disponibilidade do seu país em cooperar com Angola, através deste departamento ministerial, na fabricação de próteses para os deficientes de guerra e na construção de um Centro de Formação em benefícios dos antigos combatentes e veteranos da pátria.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »