Smiley face

Angola e Noruega convergem pontos de vista

Angop

0 45

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A República de Angola e o Reino da Noruega convergiram, nesta segunda-feira, os seus pontos de vista sobre as relações bilaterais e questões internacionais, durante o encontro entre o Presidente da República, João Lourenço, e a primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg.

Durante o encontro realizado em Luanda, os dois países expressaram satisfação pelos resultados da última reunião sobre consultas políticas a nível de ministros, ocorrida em Junho passado, em Oslo, na Noruega.

No comunicado final da reunião, decorrida à porta fechada, ambos os dignitários reconheceram os progressos alcançados na cooperação existente e comprometeram-se reforçá-la, respeitando a integridade territorial de Angola e da Noruega.

No quadro da deslocação de algumas horas a Angola, Erna Solberg convidou o Presidente João Lourenço a efectuar uma visita oficial ao Reino da Noruega, em data a acertar, por via diplomática.

As partes, que passaram em revista a cooperação bilateral, consideraram importante a sua diversificação, uma vez que ainda permanece muito centrada no sector dos petróleos e gás.

Segundo o documento, a primeira-ministra norueguesa manifestou-se satisfeita com os esforços desenvolvidos pelo Executivo angolano, tendentes a proporcionar um ambiente de negócios mais atractivo, susceptível de facilitar a mobilização de empresas estrangeiras e a promoção do investimento internacional.

“Erna Solberg destacou o facto de o seu país ter sido escolhido para beneficiar da isenção de vistos de entrada em Angola”, refere o comunicado conjunto a que a Angop teve acesso.

Os dois países decidiram-se a encorajar o estabelecimento de contactos mais intensos entre as estruturas governamentais e privadas e assinalaram, com satisfação, a realização do Fórum Económico Angola-Noruega.

Citada no comunicado, Erna Solberg ressaltou as iniciativas diplomáticas de Angola para manter a paz, segurança, estabilidade regional e promover a integração e o desenvolvimento económico do continente africano.

Angola e a Noruega defenderam, no comunicado, o engajamento em prol da paz, segurança internacional, promoção do livre comércio e da sustentabilidade ambiental.

Ainda no domínio ambiental, o Presidente João Lourenço “aplaudiu” a iniciativa “Economia Oceânica Sustentável”, lançada pelo Reino da Noruega, para aumentar a comercialização internacional.

A essa iniciativa está subjacente o facto de que o uso sustentável dos oceanos e a manutenção de um bom estado ambiental podem levar a uma significativa criação de valor e capacitação, para atender a algumas das mais vitais necessidades do mundo no futuro.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »