Portal de Angola
Informação ao minuto

Evento de moda quer criar oportunidades para mexer com a economia angolana

VOA / Danielle Stescki

MODANGOLA (Cortesia)

Organizadores, estilistas de várias províncias, costureiros, entre muitos outros profissionais, estão a trabalhar intensamente para levar todo o brilho e glamour para a VI edição do MODANGOLA, marcada para o dia 9 de Dezembro em Luanda.

Segundo o promotor cultural Daniel Pires, o evento visa valorizar a produção nacional da indústria da moda, os pequenos produtores, e todas as demais pessoas envolvidas com o sector.

“É um projecto que nós acreditamos que vem muito mais para dar abertura, dar facilidade a nós jovens e pequenos empreendedores a criar, a caminhar, dar nossos pequenos passos para ver se a gente consegue também singrar nesse negócio que é vasto e que Angola tem debilidades”.

O tema da edição deste ano é Ouro Negro. De acordo com Pires, a escolha desse tema tem como objectivo mostrar à nação angolana que o ouro negro da moda é o algodão.

O cultivo do algodão foi introduzido em Angola em meados do século XVI. Foi em 1973 que o país produziu pela primeira vez 86 mil toneladas, o que fez com que ele ocupasse lugar de destaque entre os principais produtores mundiais. Infelizmente os conflitos e a guerra civil que vieram após a independência destruíram a produção de algodão no país.

“Esse tema este ano vem como uma forma de reflexão para podemos ver se a gente pode também equilibrar um pouco a indústria da moda em Angola e também ajudar na economia do nosso país.”

Daniel Pires fez um convite aos empresários internacionais para que invistam no sector da moda em Angola, na indústria têxtil e no cultivo do algodão a fim de ajudar o governo na reconstrução nacional e na revitalização da economia.

“Daqui a mais dez anos nós queremos que o MODANGOLA possa ser um dos maiores e mais prestigiados eventos de moda a nível da África austral, para ver se a gente consegue também realizar sonhos, dar oportunidades a muitos jovens que sonham em se apresentar e mostrar a sua beleza, mostrar a sua roupa, aquilo que faz dentro desse mundo fascinante, apaixonante, desse mundo de glamour, desse mundo de flash e fotografia que é muito bom, que sustenta a nossa alma, sustenta o nosso ego, nos dá mais ousadia e também nos dá felicidade, claro.”

Confira a entrevista para saber mais sobre o evento, os estilistas e o casting dos modelos.

Na entrevista à Voz da América, o empreendedor e promotor cultural Daniel Pires também quis comentar o assunto social do momento: A Operação Resgate. Confira!

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »