Smiley face

Basquetebol: Incêndio, desaire tunisino e apuramento angolano marcam segundo dia

0 98

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Em momento de festa, com a confirmação da qualificação de Angola ao Mundial2019, na China, o segundo dia da última fase de apuramento à festa “asiática”, que Luanda acolhe desde sexta-feira, ficou marcado por um incêndio registado num dos placares publicitário, o que levou a uma paragem de aproximadamente trinta minutos no jogo Camarões-Marrocos.

A situação criou algum embaraço, quer para os adeptos, organização quer para os atletas, mas prontamente foi resolvida com a utilização dos extintores colocados no pavilhão do Kilamba, o que vem mais uma vez reforçar a importância destes instrumentos nos recintos desportivos.

Foi apenas um susto, que quase estragava a festa do basquetebol africano. Convívio que não ficou adiado, com a subida em palco dos hendeca-campeões, que precisavam do segundo triunfo para garantirem o passe para a China.

Carlos Morais e companhia levaram o barco a bom porto e com uma exibição exemplar “despacharam” o Tchad por 90-50. Estava garantido o passaporte.

Estava confirmada a oitava presença angolana em mundiais, depois de da estreia em 1986, em Espanha. Seguiu-se Argentina (1990), Canadá (1994), Grécia (1998), EUA (2002), Japão (2006), Turquia (2010) e Espanha (2014).

O intervalo desta partida foi animado pela kudurista Jéssica Pitbull, acompanhada das suas bailarinas, com uma “novidade” entre os dançantes: Toy Limpa Chão, que deu o seu “show” a parte,  como bem habituou os convivas nestas andanças.

O segundo dia foi ainda marcado pela derrota da actual campeã africana Tunísia frente ao Egipto, por 64-73.

Os pupilos de Mário Palma não souberam aproveitar o estatuto de campeões africanos e líderes do grupo E nesta fase de apuramento e foram derrotados após prolongamento, marcando a surpresa do dia.

Quem não defraudou foi os Camarões que suplantou Marrocos por 63-57, no tal jogo do susto do incêndio.   (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »