Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Novos confrontos em Paris com “coletes amarelos”

A polícia está a usar gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes, avança a Renascença.

A capital francesa volta a ser palco de confrontos entre polícia e manifestantes com coletes amarelos. O protesto contra o aumento dos combustíveis e o elevado custo de vida decorre perto dos Campos Elísios.

É o terceiro dia de ação nacional e já provocaram incidentes, levando a polícia a usar gás lacrimogéneo e canhões de água para dispersar os manifestantes.

Por volta das 9h00 (8h00 em Luanda), por exemplo, os “coletes amarelos” tentaram forçar um posto de controlo na praça da Estrela.

Desde as 6h00 (menos uma em Lisboa) que a avenida parisiense dos Campos Elísios está fechada ao tráfego e sujeita a uma vigilância policial apertada para evitar grandes aglomerações de pessoas.

Duas pessoas já foram presas por transportar armas proibidas.

Depois de serem dispersos da praça do Arco do Triunfo, que ainda estava aberta ao tráfego, os manifestantes, alguns encapuzados e mascarados, recuaram para as avenidas adjacentes, indica um jornalista da agência France Press.

Numa delas, a avenida Mac-Mahon, latões de lixo foram derrubados e incendiados, provocando um pequeno incêndio no meio da estrada.

O movimento de “coletes amarelos” nasceu espontaneamente num sinal de protesto contra a taxação de combustíveis em França.

As ações de contestação estão a causar grande embaraço ao Governo francês, tendo corrido mundo as imagens de confrontos entre manifestantes vestindo coletes amarelos e a polícia, no passado sábado, na emblemática avenida dos Campos Elísios.

Na sexta-feira, manifestações inspiradas nos “coletes amarelos” franceses chegara, a Bruxelas, na Bélgica. Os manifestantes destruíram dois carros da polícia e lançaram projéteis contra s autoridades belgas, que responderam com gás lacrimogéneo e canhões de água.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »