Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ministros da Cultura da CEEAC querem livre circulação de artistas

Os ministros da Cultura da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC) recomendaram neste sábado, em Brazzaville (Congo), a reintegração das políticas culturais nacionais e a produção de políticas públicas que promovam a economia da cultura, a livre circulação de artistas, agentes e bens culturais.

Reunidos no seu primeiro Conselho de Ministros da Cultura da CEEAC, os governantes da região central da África apontam que tal pressuposto contribuirá para o desenvolvimento de um mercado cultural comum.

Angola, que assume a vice-presidência do Bureau, receberá, em 2019, a Feira Itinerante para as Indústrias Culturais e Criativas. Angola está representada no evento por uma delegação chefiada pela ministra Carolina Cerqueira.

A agenda deste sábado, ultimo dia do conselho, incluiu a avaliação da Estratégia Sub-regional para o Desenvolvimento e a Promoção da Cultura na África Central.

A reunião definirá ainda o plano de acção para os anos de 2019 e 2020, com base nos seis eixos principais da estratégia sub-regional. O primeiro conselho de Ministros da Cultura da CEEAC pretende também engajar os estados membros em actividades regionais de forma a promover uma verdadeira rede de para o desenvolvimento e a promoção da cultura na região.

Durante a reunião, sublinhou-se também a importância de valorizar e salvaguardar o rico património cultural e histórico da região, que conta apenas com um sítio nomeado Património Mundial, a Cidade de Mbanza Kongo, em Angola.

O encontro, que decorre sob o lema o desenvolvimento e promoção da cultura na África Central, tem como foco as políticas culturais da região e a promoção das indústrias culturais e criativas, com vista à integração social, a promoção da economia da cultura e a criação de estruturas regionais de promoção do sector cultural. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »