Portal de Angola
Informação ao minuto

Detidos 96 funcionários da estatal Petróleos da Venezuela por corrupção

(Miguel Gutiérrez/EPA)

Nos últimos quinze meses as autoridades venezuelanas detiveram 96 funcionários, alegadamente envolvidos em atos de corrupção na empresa estatal Petróleos de Venezuela SA (PDVSA), disse na sexta-feira o procurador-geral, Tareck William Saab, escreve o Notícias ao Minuto que cita a Lusa.

“Desde a minha chegada [há 15 meses], foram descobertos 18 casos de corrupção que custaram milhares de milhões de dólares ao país. Por esses casos há 96 funcionários detidos, todos acusados, e cinco que já foram condenados”, afirmou.

Tarek William Saab falava durante uma conferência de imprensa, na sede do Ministério Público em Caracas, durante a qual insistiu que “destapou uma panela podre” na PDVSA.

O procurador-geral, designado pela Assembleia Constituinte, frisou ainda que nos últimos 15 meses o Ministério Público registou “654.319 processos”, dos quais 389.578 (quase 60%) por delitos comuns.

Por outro lado, precisou que 92.461 casos (14%) foram por delitos relacionados com a proteção integral à família e 61.037 (9%) por delitos de violência contra a mulher.

“Processámos 30 ex-procuradores por atos de corrupção, [outros] 25 foram detidos e 19 já foram condenados”, frisou.

Segundo Tarek William Saab, na generalidade, por delitos de corrupção, foram detidas 1.116 pessoas, há 1.282 cidadãos acusados, em distintos processos, 751 condenados e 56 na fase de julgamento.

O mesmo responsável anunciou ter solicitado aos Estados Unidos a extradição de Alejandro Andrade Cedeño, um antigo guarda-costas de Hugo Chávez (presidiu o país entre 1999 e 2013) que chegou a ser tesoureiro e presidente do banco Bandes, condenado recentemente a dez anos de prisão por apropriação de capitais e outros delitos.

A ex-presidente do Escritório Nacional do Tesouro, Cláudia Díaz, e o seu marido, Adrián Velásquez, também foram alvo de um pedido de extradição.

“Esperamos que não só lhes confisquem todos os bens mal-havidos, mas que também sejam repatriados todos os recursos que extraíram do país”, frisou.

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »