Smiley face

Argentinos se manifestam-se contra o G20 sob forte esquema de segurança

0 21

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Milhares de argentinos manifestaram-se nesta sexta-feira (30) contra a cúpula do G20, numa cidade de Buenos Aires praticamente deserta e sob um forte dispositivo de segurança que limitou ao mínimo o serviço de transporte público.

Com grandes cartazes com dizeres como “Fora Trump” e “Fora FMI”, os manifestantes percorreram pacificamente alguns quarteirões da central Avenida 9 de Julho, cujas ruas adjacentes foram bloqueadas com cercas metálicas, sob a vigilância de 2.500 agentes.

O trajeto foi acertado com as autoridades e terminou em frente ao Congresso da Nação sem que tenham sido registados incidentes.

“Viemos nos manifestar, repudiar os representantes das potências imperialistas e queremos que saibam que não são bem-vindos em nosso país”, disse à AFP Florence di Llelo, que marcha com o Partido dos Trabalhadores Socialistas.

“Na Argentina eles querem fazer passar um ajuste terrível. Querem mostrar uma cidade sitiada quando o clima de repressão está sendo instalado pelo governo para impedir que as pessoas se mobilizem”, acrescentou.

Devido à cúpula do G20, sexta-feira foi declarado feriado e suspenderam o serviço de metro e de trem, que vão principalmente à periferia de Buenos Aires.

Na cidade, poucas lojas abriram, e escolas e universidades permanecem fechadas.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »