- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Vitória 'crucificado'. Jesus e mais três técnicos no cérebro de Vieira

Vitória ‘crucificado’. Jesus e mais três técnicos no cérebro de Vieira

São eles Paulo Fonseca (atual treinador do Shaktar Donestsk), Rui Faria (integra a equipa técnica de José Mourinho no Manchester United) e Luís Castro (atual treinador do Vitória SC).

ponto final no reinado de Rui Vitória no Benfica. Uma história que começou a ser construída no dia 30 de julho de 2015, com a última página a ser editada neste momento. As próximas horas irão ditar os moldes da saída de Rui Vitória que, ao que tudo indica, está consumada. Faltando apenas ultimar pormenores contratuais.

Um ciclo que se prolongou por 1.247 dias e no qual o treinador de 48 anos contabilizou 174 jogos. Em quase três épocas e meia, conquistou duas Ligas portuguesas, uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e duas Supertaças.

Como o Desporto ao Minuto avançou na noite desta terça-feira, o ainda técnico dos encarnados já não estará no banco no duelo do próximo sábado, relativo à 11.ª jornada da Liga portuguesa, sendo Bruno Lage a assumir o cargo de forma interina.

Mas Bruno Lage é solução a curto prazo e neste momento Luís Filipe Vieira já estuda outras hipóteses. Na noite desta quarta-feira, assim como esta quinta-feira de manhã, foi avançado o regresso de Jorge Jesus ao Estádio da Luz, já em janeiro, mas sabe o Desporto ao Minuto que há outras opções a serem equacionadas.

E na cabeça do presidente do Benfica moram outros três nomes, são eles Paulo Fonseca (atual treinador do Shaktar Donestsk), Rui Faria (integra a equipa técnica de José Mourinho no Manchester United) e Luís Castro (atual treinador do Vitória SC).

Todavia, a solução Paulo Fonseca é uma rocha difícil de quebrar, na medida em que as condições oferecidas ao antigo técnico do FC Porto são bastante difíceis de igualar pelo emblema português. E mesmo existindo um esforço suplementar da SAD encarnada para oferecer ao técnico luso um vencimento bastante superior ao que aufere Rui Vitória, aparece outra ‘nuvem negra’ no céu da Luz.

Sabe o Desporto ao Minuto que o presidente do Shaktar Donestsk opõe-se de forma determinante à saída do português. Neste momento, o Shaktar lidera a Liga do seu país, com 41 pontos, mais oito do que o mais direto perseguidor, o Oleksandriya, sendo que na Liga dos Campeões está a uma vitória de garantir a passagem aos oitavos de final da prova.

A Europa condenou um Rui que acumulou demasiadas derrotas

Munique foi a gota de água de um copo que estava à beira de transbordar. Os cinco golos apontados pelo Bayern, na passada terça-feira, condenaram o adeus do Benfica aos oitavos de final da Liga dos Campeões e Rui Vitória saiu da Allianz Arena debaixo de um violento coro de assobios, vaias e insultos. Gritava-se “demissão, demissão, demissão”.

E a Europa contribuiu e de que maneira para este desfecho. Rui Vitória passou a ser o treinador da história do Benfica com mais derrotas na principal competição europeia de clubes (15, contra 14 de Jesus) e tem um rácio negativo de 54% de derrotas nos 28 jogos ao comando do Benfica na Champions.

As últimas duas épocas, então, são arrasadoras para o técnico, com nove derrotas em 11 jogos, duas goleadas sofridas e 6-25 em saldo de golos, sendo que a partir de 2010/11 foi o treinador de equipas portuguesas com mais derrotas pesadas na Europa do futebol.
(Desporto ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.