- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Ciências e Tecnologia Mais de 70% dos jovens portugueses anda 'de olho' nos famosos

Mais de 70% dos jovens portugueses anda ‘de olho’ nos famosos

Nota-se ainda um aumento de pessoas que seguem Youtubers, VBloggers e Social media personalities.

As redes sociais são, hoje em dia, uma das plataformas através das quais os famosos mantém contacto com os seus fãs e conseguem, inclusivamente, impulsionar as suas carreiras. É através delas que vão dando conta do seu dia a dia, mesmo se estiverem afastados dos ecrãs ou dos palcos. Não admira por isso, que quem os conhece queira estar de ‘olho’ e saber tudo o que andam a fazer.

Assim o conclui o estudo ‘Os Portugueses e as Redes Sociais 2018’, da Marktest Consulting, que revela que 71% dos jovens dos 15 aos 24 anos seguem figuras públicas nas redes sociais.

No total de inquiridos deste estudo, 47,8% dos portugueses com perfis nas redes sociais admitiu seguir um ou mais famosos nestas plataformas. Este valor sobe entre os jovens.

Os inquiridos revelaram ainda algumas das personalidades de quem são fãs nas redes sociais, e as preferências recaem sobre Cristiano Ronaldo (28%), Cristina Ferreira (10,2%) e Rita Pereira (7,9%).

Outro facto interessante verifica-se no aumento do número de pessoas que seguem Youtubers, VBloggers e Social media personalities.

A Marktest conta ainda que embora a rede social mais mencionada pelos inquiridos tenha sido o Facebok, é o Instagram aquele que mais tem crescido no que diz respeito a pessoas que seguem famosos.

O estudo ‘Os Portugueses e as Redes Sociais 2018’ estudo parte deteve como base uma quantificação de 5 milhões e 9 mil utilizadores de redes sociais, residentes no Continente com idades compreendidas entre 15 e 64 anos, dada pelo estudo Bareme Internet da Marktest. (Notícias ao Minuto)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.