- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Guarda mata irmão de paciente

Guarda mata irmão de paciente

Um jovem de 24 anos, de nome Aristófanes Alexandre, foi morto a tiro na madrugada de segunda-feira,26, em Viana, por um guarda do Centro Materno Infantil dos Mulenvos.

O jovem foi atingido no coração e teve morte imediata. Segundo fontes do Jornal de Angola, o acto resultou de um desentendimento entre Aristófanes Alexandre e o pessoal de serviço no centro materno-infantil, que se recusava a ceder uma ambulância para transferir a irmã para o Hospital dos Cajueiros, no Cazenga, onde há mais recursos técnicos e a gestante, de 18 anos, ter uma gravidez de risco. Em retaliação, os familiares de Aristófanes Alexandre agrediram um agente da Polícia e terão destruído equipamentos no centro.

Nas primeiras horas de ontem, o Jornal de Angola constatou vidros de 12 janelas do hospital partidos e seis portas vandalizadas, supostamente por familiares da vítima. A Polícia investiga o caso para apurar responsabilidades. Um dos irmãos da vítima, Josias Alexandre, 16 anos, foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal.

Aristófanes Alexandre, cobrador de táxi, deixa viúva e dois órfãos. O administrador do Distrito Urbano da Estalagem, Eduardo Fernandes, garantiu apoio para a realização do funeral.

O director de Operações do Comando Provincial de Luanda da Polícia, inspector-chefe Lázaro da Conceição, assegurou que o autor dos disparos já está detido e o processo encaminhado ao Ministério Público.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.