- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Serviço de Migração expulsa 706 ilegais em uma semana

Serviço de Migração expulsa 706 ilegais em uma semana

O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) expulsou, de Angola, 706 cidadãos estrangeiros, na última semana, por decisão judicial e administrativa e deteve 400 cidadãos por auxílio à imigração ilegal.

Outros 99 cidadãos foram notificados pelo SME a abandonar o país por permanência ilegal, aplicadas e pagas 97 multas, sendo 93 a cidadãos de diversas nacionalidades e as restantes a empresas privadas.

Segundo um comunicado de imprensa do SME a que a Angop teve acesso hoje, terça-feira, foram impedidos de entrar no território angolano e reembarcados 572 estrangeiros por falta de documento de viagem e permanência ilegal.

Quanto aos nacionais, 26 cidadãos foram impedidos sair de Angola por falta de meios de subsistência, por uso de passaporte adquirido de forma fraudulenta, mau estado de conservação e sem requisitos de viagem.

Em relação ao movimento migratório nos postos fronteiriços, registou-se a entrada de 25 mil 851 passageiros de diversas nacionalidades, em que 12 mil 835 são nacionais e os restantes estrangeiros.

Saíram de Angola 27 mil 803 passageiros, destes 13 mil 860 são estrangeiros, sendo que durante o período em referência, refere o documento, passaram em trânsito 470 cidadãos de diversas nacionalidades.

No domínio dos actos migratórios foram recepcionados quatro mil 167 processo para emissão de passaporte, salvo-conduto e passe travessia nacionais, tendo sido emitidos dois mil 918 e entregues mil e 712 documentos.

Para os estrangeiros foram recepcionados dois mil 847 pedidos e emitidos dois mil 806 actos.

Entretanto o SME recorda aos cidadãos nacionais e estrangeiros que o visto de turismo para a entrada em Angola, pode ser solicitado via internet basta acessar o site www.sme visa Angola. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.