- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Human Rights Watch denuncia Príncipe herdeiro saudita

Human Rights Watch denuncia Príncipe herdeiro saudita

A organização internacional Human Rights Watch apresentou hoje uma denúncia na Justiça contra o príncipe herdeiro saudita, Mohamed bin Salman, que vai visitar esta semana Buenos Aires para a cimeira dos líderes das 20 principais economias (G20), escreve o Notícias ao Minuto que cita a Lusa

Aquela organização de defesa dos direitos humanos informou, no seu sítio na internet, que a denúncia foi apresentada na segunda-feira perante um procurador federal argentino, a quem pediu que investigue o príncipe saudita por alegadas violações do direito internacional cometidas durante o conflito armado no Iémen.

Segundo a Human Rights Watch, Bin Salman “seria penalmente responsável” por essas violações como ministro da Defesa de Arábia Saudita.

“As autoridades judiciais deveriam avaliar o papel de Mohammed bin Salman em possíveis crimes de guerra cometidos pela coligação liderada pela Arábia Saudita no Iémen desde 2015”, afirmou Kenneth Roth, diretor-executivo da Human Rights Watch.

No documento apresentado também se faz alusão à possível cumplicidade de Bin Salman em graves denúncias de tortura e outros maus-tratos a cidadãos sauditas, incluindo o assassínio do jornalista Jamal Khashoggi, no início de outubro, no consulado saudita em Istambul.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.