- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Rússia ignora chamadas ocidentais para libertar navios ucranianos capturados

Rússia ignora chamadas ocidentais para libertar navios ucranianos capturados

A Rússia ignorou na segunda-feira os pedidos ocidentais para a ‘libertação’ de três navios ucranianos que atacou e capturou perto da Crimeia no fim de semana e acusou Kiev de conspirar com seus aliados ocidentais para provocar um conflito.

Kiev, por sua vez, acusou a Rússia de agressão militar e colocou as suas forças armadas em alerta total de combate, dizendo que se reservava o direito de se defender.

Com as relações ainda quentes após a anexação da Criméia da Ucrânia pela Rússia em 2014 e o apoio a uma insurgência pró-Moscovo no leste da Ucrânia, a crise corre o risco de empurrar os dois países para um conflito mais amplo e há sinais de que está renovado os pedidos ocidentais de mais sanções.

A crise agudizou-se quando os barcos de patrulhamento de fronteira da Rússia pertencentes ao serviço de segurança do FSB daquele país apreenderam dois pequenos navios de artilharia blindados ucranianos e um rebocador depois de abrir fogo contra eles e ferir vários marinheiros no domingo.

“Eles estavam a tentar entrar no Mar de Azov, no Mar Negro”, dizem as autoridades russas. O FSB disse que abriu um processo criminal contra o que chamou de entrada ilegal dos navios nas águas territoriais das terras de Putin.

Na segunda-feira, o tráfego marítimo foi retomado no Estreito de Kerch, que separa a Crimeia da Rússia, mas Moscovo não mostrou sinais de libertar os navios e a tripulação. (Portal de Angola)

por Osvaldo de Nascimento

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.