Smiley face

General Motors vai eliminar 15% dos postos de trabalho até finais de 2020

0 54

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A General Motors, principal construtor automóvel norte-americano, anunciou hoje uma redução de 15% no número de trabalhadores para economizar 6 mil milhões de dólares (5,2 mil milhões de euros) até finais de 2020.

Com esse objetivo de poupança, o fabricante automóvel explicou em comunicado que vai encerrar no próximo ano a produção em sete fábricas em todo o mundo.

O grupo automóvel vai encerrar duas fábricas de montagem nos Estados Unidos e uma no Canadá, assim como outras duas em países que não foram identificados.

A General Motors disse ainda que também vai encerrar duas fábricas de produção de motores nos Estados Unidos.

No final de dezembro de 2017, a General Motors tinha 180 mil funcionários em todo o mundo, sendo estes os últimos números disponíveis.

“As medidas que estamos a tomar atualmente vão permitir-nos prosseguir a transformação para sermos mais rápidos, mais resistentes e mais rentáveis”, afirmou a presidente executiva do grupo, Mary Barra, citada no comunicado.

Depois de ter sido divulgada esta informação, as ações da General Motors registavam uma subida de 6,8% na bolsa de Nova Iorque. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »