- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões MED destaca aposta na melhoria das condições de trabalho dos professores

MED destaca aposta na melhoria das condições de trabalho dos professores

O secretário de Estado para o Ensino Pré-Escolar e Geral, Pacheco Francisco, reconheceu hoje, no Luena, província do Moxico, a necessidade da melhoria das condições de trabalho dos professores em algumas regiões do país, como forma de se alcançar a almejada qualidade no processo de ensino e aprendizagem.

Entre as dificuldades constam a falta de equipamentos, de acesso e de acomodação, muitas das quais já nas prioridades do Ministério da Educação (MED).

Falando no acto central do Dia Nacional do Educador, Pacheco Francisco apontou como desafios colocar à disposição dos alunos e professores comprometidos com a causa, erradicar o analfabetismo e promover o conhecimento para o desenvolvimento e prosperidade de Angola.

A formação inicial e contínua dos professores, critérios de selecção e apuramento dos candidatos a carreira docente constam igualmente na lista dos desafios do MED.

O secretário do Estado lembrou que estão em curso no sector da educação a reforma dos currículos e programas das escolas de formação de professor, a melhoria da política de gestão do livro para ajustar com os desafios actuais.

Para uma educação inclusiva e participativa, o MED conta com o novo estatuto da carreira dos agentes de educação, já aprovado pelo Executivo, e Plano Nacional de Formação e Gestão do Pessoal Docente.

Por seu turno, o presidente da Associação dos Professores de Angola (APA), Manuel Inácio Ngonga, afirmou que para a qualidade do ensino e aprendizagem concorrem vários indicadores, entre os quais aumentar os subsídios, principalmente dos professores em zonas rurais e longínquas, construção de casas e de mais escolas.

O governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, afirmou que o acto de ensinar e aprender supõe a aprendizagem permanente do professor e educador, tendo ainda reconhecido que a qualidade do ensino é uma preocupação que merece atenção redobrada e urgente.

Sob lema “O direito a educação é também direito a um professor qualificado”, o acto decorreu no pavilhão Gimnodesportivo “27 de Março” do Luena, e foi preenchido com momentos de música, dança, teatro e entrega de certificado aos quadros antigos do sector. (Angop)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.