Radio Calema
InícioAngolaRegiõesCultura aposta na digitalização dos arquivos históricos na Huíla

Cultura aposta na digitalização dos arquivos históricos na Huíla

Um projecto de informatização dos arquivos históricos da Huíla, com o objectivo de proteger dados sobre os hábitos e costumes das comunidades consta das prioridades da nova direcção do gabinete provincial da Cultura na Huíla para 2019.

Em declarações à Angop, o director Osvaldo Lunda avançou que se pretende criar um sistema de modernização de bibliotecas e posteriormente informatizar o arquivo histórico local.

Detalhou que o propósito da cultura é manter todo arquivo intacto e conservado, inseri-lo no sistema online, um projecto que conta com a parceria do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) da Huíla.

“Os arquivos históricos não podem ser consultados a qualquer momento no modelo físico, porque são documentos já com algum tempo e com alguma relevância e a consulta diária pode danificá-los, pelo que o nosso interesse passa por informatizar todo o nosso arquivo histórico”, acrescentou.

Fez saber que existe uma orientação central sobre uma taxa mínima de valores a ser cobrada à pessoas que queiram visitar o património histórico, cultural e natural e, com o valor arrecadado efectuar-se a manutenção e reabilitação dos monumentos, para servirem a sociedade da melhor forma.

Para o início do ano 2019 estão programadas acções de levantamento do património histórico e cultural para ser classificado como património cultural nacional.

Entre as dificuldades enfrentadas pelo sector, destacou a falta de financiamento e pessoal técnico especializado para se imprimir uma maior dinâmica à área. (Angop)

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.