- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil Bolsonaro diz que cubanos que já saíram do Brasil eram militares e...

Bolsonaro diz que cubanos que já saíram do Brasil eram militares e infiltrados

Presidente eleito afirmou que não havia comprovação mínima de que os profissionais que vieram para Brasil fossem, de fato, médicos.

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) acredita que os primeiros médicos cubanos que deixaram o Brasil após o fim da participação no Programa Mais Médicos são militares e agentes infiltrados. Ele disse que não havia comprovação mínima de que os profissionais que vieram de Cuba eram, de fato, médicos.

“Não é uma declaração minha nova, há cinco anos eu já criticava a questão de não poder trazer a família para cá, isso é desumano, a questão do salário e a questão de não ter uma comprovação mínima que seja sobre se são médicos ou não”, declarou Bolsonaro.

Na segunda-feira, o vice de Bolsonaro, general Hamilton Mourão, disse que acredita que “metade” dos cubanos que participaram do programa Mais Médicos não voltará para seu país de origem.

Nesta terça, o governo federal abriu edital com vagas para o Programa Mais Médicos, inicialmente para profissionais formados no Brasil. A partir da próxima semana o edital será ampliado para médicos formados fora do país, inclusive os cubanos. (Notícias ao Minuto BR)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.