- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Guiné-Bissau: Recenseamento prolongado por mais 15 dias

Guiné-Bissau: Recenseamento prolongado por mais 15 dias

Registo de eleitores para as legislativas vai ser prolongado por mais 15 dias para garantir um “processo mais justo e transparente”, informou o Governo, que apelou para que os cidadãos participem do processo.

O Governo guineense anunciou esta terça-feira (20.11) o prolongamento, por mais 15 dias, do recenseamento eleitoral no país, que devia termina hoje. O processo já havia sido prolongado em outubro, o que provocou o adiamento das eleições legislativas, ainda sem data marcada.

“O Governo vem comunicar à população guineense, sobretudo às pessoas com capacidade eleitoral ativa, de que o processo será prorrogado por mais 15 dias a contar da data de 20 de novembro”, refere um comunicado do Executivo da Guiné-Bissau, citado pela agência de notícias Lusa.

No comunicado, o Governo explica que a decisão visa “conferir ao recenseamento um nível de participação mais aceitável” para garantir um “processo mais justo e transparente”.

Atrasos

As legislativas na Guiné-Bissau estavam marcadas para 18 de novembro, mas dificuldades técnicas e financeiras levaram a atrasos no início do recenseamento, que acabou por ter de ser prolongado para além da data prevista para a realização das eleições.

O Presidente guineense, José Mário Vaz, anunciou já que só marcará a nova data das legislativas após o recenseamento estar completo.

Segundo o Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE), a 13 de novembro estavam recenseados cerca de 552 mil cidadãos eleitores num universo estimado de cerca de 886 mil.

O Governo guineense apela também aos cidadãos eleitores para fazerem o seu recenseamento para participarem nas eleições. (DW África)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.