Radio Calema
InícioAngolaSociedadeDois homens detidos por suposta violação de adolescente no Lubango

Dois homens detidos por suposta violação de adolescente no Lubango

Dois cidadãos de 19 e 21 anos de idade foram detidos, nas últimas 48 horas, acusados de violarem sexualmente uma adolescente de 17 anos de idade e mantendo-a sob cárcere privado por três dias, informou hoje, segunda-feira, nesta cidade, o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, Luís Filipe Zilungo.

No balanço habitual de ocorrências da corporação do fim-de-semana, o oficial disse que o crime ocorreu no bairro da Mitcha (Lubango) concorrido com cárcere privado, numa residência.

“O facto aconteceu quando os acusados convidaram a vítima para um passeio na zona turística da Senhora do Monte, após o consumo de bebidas alcoólicas, forçosamente levaram-na para a residência de um dos acusados, permanecendo com a mesma durante 72 horas encarcerada, abusando-a sexualmente”, detalhou.

Declarou que detiveram igualmente no município do Lubango, um adolescente de 16 anos e uma mulher de 23, acusados de esfaquear até a morte, na via pública e numa residência, dois cidadãos, um de 31 anos, outro sem dados, no município do Lubango, durante desentendimentos.

Explicou que o primeiro ocorreu no bairro Comercial, em que ambos encontravam-se a consumir álcool, sendo que desentenderam-se e o acusado susteve a faca com a qual desferiu um golpe no peito da vítima, causando morte imediata, outro caso, no bairro da Lalula, vitimando um cidadão que dirigiu-se à residência da acusada, com um golpe na região abdominal.

A Polícia deteve ainda, no período em análise, dez cidadãos que faziam a venda ilegal de medicamentos na via pública, no bairro Bula Matady, município do Lubango.

A Polícia registou durante o período 26 crimes diversos, dos quais apenas 16 foram esclarecidos, com 30 cidadãos detidos como supostos autores. (Angop)

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.