- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Portugal Vila Real. Cinco mortos por intoxicação

Vila Real. Cinco mortos por intoxicação

Vão ser realizadas autópsias para determinar as causas das mortes. A Polícia Judiciária está já a investigar as circunstâncias.

Cinco pessoas morreram na povoação de Fermentões, concelho de Sabrosa, perto de Vila Real, devido a intoxicação. A informação foi avançada pelo Observador e já confirmada pela Renascença junto do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real.

O comandante dos bombeiros de Sabrosa confirmou à Renascença que entre as vítimas estão três adultos e duas crianças, com idades entre os 6 e os 50 anos. Foi um familiar que deu o alerta às autoridades, acrescenta José Barros, que adianta que vão ser realizadas autópsias para determinar as causas do acidente.

O alerta foi dado às 16h39 e estão no local 14 operacionais e cinco veículos, de acordo com a informação na página da Proteção Civil na Internet. A Polícia Judiciária está a investigar as circunstâncias da morte.

A casa foi isolada pela GNR e os inspetores da PJ de Vila Real já estão a recolher os indícios.
Na rua juntam-se alguns familiares e vizinhos, mas, para já, pouca informação há sobre o que aconteceu no interior da habitação.

As vítimas foram encontradas em dois quartos e na sala/cozinha.

A casa estava em obras e possui fracas condições.

No local aponta-se como causas inalação de monóxido de carbono ou a ingestão de cogumelos.

O comandante José Barros referiu que “não há nada que possa determinar as causas da morte”.

O presidente da Câmara de Sabrosa, Domingos Carvas, disse que a situação “é dramática”.
“A situação fez tudo, não houve manobras, não houve salvamento, não houve nada. É uma situação muito difícil. É uma desgraça para a família, para a povoação, para o município”, referiu.

Domingos Carvas espera, no entanto, que a situação “sirva de alerta”, quer tenha tido a ver com a ingestão de cogumelos ou a inalação de monóxido de carbono.

Num espaço da Junta de Freguesia está a ser prestado apoio psicológico, por parte do INEM e da câmara, a familiares e amigos das vítimas. (Renascença)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.