Smiley face

Trinta e oito mil famílias envolvidas na campanha agrícola no Bengo

0 28

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Trinta e oito mil famílias camponesas da província do Bengo estão envolvidas na campanha agrícola 2018/2019, aberta sexta-feira, na localidade de Santa Eulália, comuna do Kicunzo, município de Nambuangongo.

Ao intervir na solenidade, a governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, disse que esta cifra representa o número das famílias camponesas dos seis municípios da província do Bengo, num total de 80 mil hectares.

Frisou que para a localidade de Santa Eulália (Kicunzo) estão disponíveis 100 hectares com 50 estaca de mandioca.

Para o êxito da presente campanha agrícola, de acordo com Mara Quiosa, a província conta 900 toneladas de adubos, sementes diversas, para além de 18 mil estaca para o cultivo de mandioca, cultura tradicional da região.

Garantiu que o governo da província vai distribuir ainda outro tipo de sementes, por formas a diversificar as culturas, com destaque para feijão e batata-doce.

Sementes e outros incentivos agrícolas foram distribuídas cooperativas e associações de camponeses para o aumento da produção.

Apesar de estar ainda nos prazos estabelecidos, a abertura da campanha agrícola demorou devido constrangimentos na preparação de terras aráveis, que se pretendia iniciar com dez mil hectares.

Na campanha agrícola 2017/2018, foram colhidas 695 mil 334 toneladas de produtos diversos, numa área de 120 mil 560 hectares cultivados que envolveu 36 mil e 972 famílias que receberam assistência técnica e insumos agrícolas.

Lembrou que o Bengo é uma região que tem solos férteis e clima para desenvolvimento da agricultura, com vista a criação de premissas económicas do país e das suas famílias.

A província do Bengo controla cerca de oito mil e 681 associações, com 674 mil e 487 camponeses, e duas mil e 153 cooperativas agrícolas (com 266 mil e 411 cooperativistas). (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »