Smiley face

Jovens ganham espaço de formação profissional em Mucari

0 21

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A juventude do município de Mucari, na província de Malanje, conta com um centro de formação profissional e lazer, erguido pelo Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.

Denominado “Cidadela Jovem de Sucesso”, o empreendimento foi inaugurado pelo ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato, e visa proporcionar a oportunidade de formação profissional e o auto-emprego.

Na ocasião, o ministro destacou a importância do espaço para a formação profissional de jovens em várias especialidades, acrescentando tratar-se de uma iniciativa do Executivo que prova a sua preocupação na inserção dos jovens na vida activa e na criação do auto-emprego.

Reiterou a aposta do Executivo na priorização da juventude, através da implementação de políticas a seu favor, pelo que acções continuarão a ser desenvolvidas no sentido da satisfação das necessidades dessa franja social.

“No quadro do Plano Nacional de Desenvolvimento Nacional 2018/2022, o nosso ministério tem duas grandes missões consubstanciadas no reforço das capacidades do sistema nacional de formação profissional e da promoção da empregabilidade e para tal a Cidadela Jovem de Sucesso de Mucari enquadra-se também nesse desafio”, frisou.

O empreendimento ora inaugurado tem capacidade para albergar 370 jovens nos cursos de carpintaria, informática, pedreira, agricultura, serralharia e electricidade.

A infra-estrutura comporta várias salas de aulas, edifícios administrativos, residências para professores, áreas de lazer, entre outros compartimentos destinados a formação académica e profissional dos jovens.

Os candidatos deverão possuir como habilitações literárias a 9ª classe e poderão continuar os estudos dentro da cidadela.

O projecto Cidadela Jovem de Sucesso já foi implantado nas províncias de Cabinda, Bengo, Moxico, Luanda e Namibe, onde já formou cerca de 200 mil jovens. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »