Portal de Angola
Informação ao minuto

Política de Inclusão de jovens no desporto

António Sakuvango Salumbongo, Residente no Brasil-São Paulo, estudante de Educação Física. Graduando em bacharel de Educação Física, treinador de futebol em escolinhas de formação. (DR)

O desporto sempre foi considerado um meio de inclusão social, profissionais de educação física e desporto desenvolvem projectos voltados a inclusão de jovens no desporto, uma sociedade moderna é criada na base do papel do desporto, o desporto é um objecto social.

Não se fala de aspectos positivos em uma sociedade sem mesmo falar de desporto, assim não podemos dizer que o desporto muda uma sociedade, mas faz parte desta.

A forma de entender e praticar o desporto começa então a reflectir o desejo de uma maior participação em práticas desportivas que produzam um elevado bem-estar pessoal, a intenção é que o desporto chegue a todos.
Muitas vezes ouço barbaridades tais como: praticar desporto só serve para pessoas de classe media alta, que de certa forma, praticar desporto não é mais complicado do que pensamos.

Em Angola, o desporto vem atravessando um momento de reestruturação em sua organização e tem atraído cada vez mais, a atenção de empresários e, consequentemente, o interesse de uma participação mais activa neste novo mercado, onde as possibilidades na exploração do marketing e a super-valorização dos profissionais envolvidos são pontos fundamentais para o interesse económico, surge então a era do clube – empresa.

Os dirigentes são frequentemente denominados de incompetentes, mal-preparados e ultrapassados em suas metodologias de trabalho na inclusão de jovens no desporto. Porém, estas críticas, são geralmente realizadas ou influenciadas pelos órgãos de comunicação nem sempre confiáveis e com credibilidade para tal, que muitas vezes analisam problemas limitados.

Desporto educa. E no contexto da aprendizagem, o desporto deixa de ser negócio milionário e produtor de craques-celebridades para se tornar a mais pura brincadeira. Essa é a essência do desporto, o desporto dá outra oportunidade: “formar cidadãos críticos” quanto mais os jovens participam da construção desportista, quanto mais questionam e entendem o porque do desporto ser como é.

A prática desportiva vincula-se à formação de uma geração capaz de suportar o combate, a luta e reivindicar os seus direitos, na sociedade contemporânea, o desporto tem se mostrado um fenómeno de grande relevância sócio-cultural e é, também, amplamente vivenciado pelo angolano em seu quotidiano.

Podemos destacar duas situações de prática desportivas: uma que visa o rendimento, buscando constantemente novos talentos, dispostas nas categorias de base dos clubes, e outras com carácter lúdico-educacional, oferecidas pelos profissionais de educação física e desporto, mesmo assim o grito é maior por criações de escolinhas de desporto para a juventude angolana.

por António Sakuvango Salumbongo

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »