- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Escritora processa hospital por reanimá-la contra a sua vontade

Escritora processa hospital por reanimá-la contra a sua vontade

A situação aconteceu no Novo México e a negligência do hospital deve-se, como alega a vítima, a dois motivos.

Jamie Sams, uma escritora do Novo México, interpôs uma ação judicial contra um hospital da região por ter violado a diretiva que esta assinou onde se previa a não reanimação enquanto esta estava internada na instituição em 2016.

O processo aberto contra o Centro Médico Regional Christus St. Vincent de Santa Fé alega ainda que o hospital foi negligente duas vezes no tratamento da escritora conhecida pela autoridade de obras sobre espiritualidade.

Jamie Sams, que tornou agora o caso público, terá tomado um analgésico ao qual é alérgica, relata a Associated Press. Para além disso, a autora sofre de uma doença rara caracterizada pelo aparecimento de tumores por todo o corpo.

De acordo com documentos judiciais a que o Albuquerque Journal teve acesso, Sams entrou em paragem cardiorrespiratória após receber o medicamento na sala de emergência a 5 de fevereiro de 2016. E a negligência do hospital foi agravada quando a paciente foi reanimada contra a sua vontade.

Como resultado da situação, Jamie continua a sentir uma dor que categoriza como “severa”, para além de incapacidades e de limitações. (Diário de Notícias)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.