Smiley face

Inglaterra vence Estados Unidos na despedida de Wayne Rooney

0 19

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Inglaterra venceu ontem os Estados Unidos por 3-0, num particular de preparação disputado em Wembley, Londres, marcado pela 120.ª e última internacionalização do ‘norte-americano’ Wayne Rooney.

Atualmente a jogar no DC United, Rooney, de 33 anos, foi chamado pelo selecionador inglês, Gareth Southgate, para um derradeiro jogo pela seleção, da qual é o melhor marcador, com 53 golos, e o segundo jogador com mais partidas (120), num encontro que também serviu para angariar fundos para a fundação do antigo jogador do Manchester United.

O ‘veterano’ não marcou, mas foi ovacionado ao entrar aos 58 minutos, para o lugar de Jesse Lingard, depois de o extremo do Manchester United ter inaugurado o marcador, aos 25 minutos, com um grande golo, um remate em arco após uma jogada pela esquerda de Dele Alli.

Dois minutos depois, numa jogada de insistência, o jovem Jadon Sancho encontrou na direita o lateral Alexander-Arnold, que fez o 2-0 que vigorou até ao intervalo.

No segundo tempo, e perante pouca reação dos norte-americanos, os ingleses chegaram ao terceiro, já com Rooney em campo, com Callum Wilson a marcar na estreia, na sequência de um cruzamento de Fabian Delph, aos 77.

Até final, Rooney, que recebeu ao entrar a braçadeira de ‘capitão’ e foi, aos 69 minutos, abraçado por um invasor de campo, foi tentando marcar o 54.º golo pelos ‘três leões’, mas Brad Guzan opôs-se às tentativas do avançado.

A Inglaterra joga no domingo o acesso às meias-finais da Liga das Nações, precisando de vencer em Wembley a Croácia. Os croatas também avançam vencendo, enquanto o empate qualifica a Espanha, que lidera o Grupo 4, dois pontos à frente dos adversários.

Em Leipzig, a Alemanha venceu a Rússia por claros 3-0, com Serge Gnabry em destaque, ao assistir para o primeiro golo, de Leroy Sané, logo aos oito minutos, e apontar o terceiro, a passe de Kai Havertz, aos 40.

Numa primeira parte que separou as duas formações, o segundo tento foi para o defesa Niklas Sule, a passe do colega do eixo defensivo Antonio Rudiger, aos 25 minutos.

Em dia de outros particulares, República da Irlanda e Irlanda do Norte empataram a zero, em Dublin, enquanto Israel goleou Guatemala por 7-0.

Antes, a Polónia somou a terceira derrota seguida, a cinco dias de jogar Portugal no encerramento do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, ao perder em casa por 1-0 com a República Checa. (Sapo 24)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »