Smiley face

Câmara saúda adesão de Angola ao Fórum de Países Exportadores de Gás

0 28

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Adesão de Angola ao Fórum de Países Exportadores de Gás (FPEG) é um passo na direcção certa, em conformidade com o projecto do Presidente da República, João Lourenço, de transformação, crescimento e diversificação económica através da rentabilização do gás.

A afirmação foi feita pelo presidente executivo da Câmara Africana de Energia(AEC- singla em Inglês), NJ Ayuk, sublinhando que Angola tem vastas reservas de gás não exploradas e que precisam ser rentabilizadas.

Segundo a “APO Group”, NJ Ayuk acrescentou que Angola assenta a sua iniciativa na nova legislação que promove a rentabilização das reservas do gás no país.

Em Maio de 2018, disse a fonte, Angola aprovou o Decreto Presidencial No. 7/18 (PD 7/18), indicando o forte compromisso do Presidente João Lourenço em reformar o sector de hidrocarbonetos do país e dar um impulso à indústria do gás.

O Decreto Presidencial nº 7/18 é a primeira lei que visa regular especificamente a prospecção, pesquisa, avaliação, desenvolvimento, produção e venda de gás natural em Angola, disse ainda a “APO Group”, uma companhia de comunicação e consultoria em África e Médio Oriente.

“A Câmara congratula-se com as reformas em Angola e com o seu compromisso para com a diversificação e com um conteúdo local orientado para o mercado. Isso requer do governo fornecer as infra-estruturas e os incentivos necessários que visam aumentar a produtividade da mão-de-obra e do capital na economia. ” Ayuk disse.

Para o presidente executivo da AEC, o sector privado tem um papel a desempenhar, apelando a uma mudança de mentalidade nesse sector, do comércio à indústria

A Câmara saúda esses desenvolvimentos e felicita Angola nos seus esforços que visam reformar sua indústria de gás e aprofundar o seu envolvimento com os mercados internacionais de gás, através do Fórum de Países Exportadores de Gás, disse também a fonte.

A Câmara e os seus membros esperam juntar-se à Angola na “Conferência e Exposição Angola Oil & Gas 2019”, a realizar-se de 3 a 7 de Junho de 2019, em Luanda, sob o patrocínio de Presidente João Lourenço.

O GECF tem estado na vanguarda da promoção do uso do gás natural como um combustível acessível e sustentável alternativo para o desenvolvimento sustentável. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »