- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol "Vou regressar ao futebol português", garante Jorge Jesus

“Vou regressar ao futebol português”, garante Jorge Jesus

A experiência de Jorge Jesus à frente do Al Hilal tem sido um sucesso, sobretudo pelas vitórias consecutivas da equipa desde o arranque da temporada. Contudo, o técnico português admite que não vai aceitar uma proposta de renovação com o emblema saudita e que pretende regressar ao futebol português.

“É uma experiência. Nunca pensei sair do meu país, e quem me conhece sabe-o bem. Ou melhor, pensei que podia sair por uma ou duas razões: ou era para um clube da Europa ou por uma questão financeira. Não saí para a Europa e posso dizer que o Sporting gastava mais dinheiro comigo do que aquele que o Al Hilal me paga.

A verdade é que saí… É difícil falar no dia de amanhã, mas penso que ficarei apenas mais uma época aqui. O clube propôs-me a renovação por três épocas, mas não vou aceitar”, começou por dizer Jorge Jesus, em entrevista à revista ‘Liga-te’, da Liga Portugal, citado pelo site Notícias ao Minuto.

“Vou regressar ao futebol português e nada tem a ver com as pessoas do Al Hilal. Por muito que gostem de mim, o regresso a Portugal está nos objetivos”, acrescentou.

O treinador, de 64 anos, afirma ainda que continua atento ao futebol português e lamenta a “pressão” a que os jogadores são submetidos fora de campo.

“Na minha casa, temos todos os canais portugueses, inclusive os de desporto…Temos grandes jogadores. O nosso futebol é muito competitivo e temos um campeonato de alto nível. Os treinadores portugueses são reconhecidos mundialmente e são profissionais com grande conhecimento e estratégia.

Mas, infelizmente, continuamos com o jogo fora das quatro linhas… Em Portugal parece estar instituído que a pressão ajuda a ganhar jogos e, enquanto não se acabar com esta ideia, não haverá paz no futebol português. Somos dos campeonatos europeus com mais qualidade, mesmo sabendo que não temos tanta capacidade de investimento como em outros”, afirmou.

O técnico português comentou ainda que se sente acarinhado pelos adeptos do Al Hilal e que a experiência “não poderia estar a correr melhor”. (Sol)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.