- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Cabo Verde Partidos cabo-verdianos não se entendem sobre confronto físico entre dois deputados

Partidos cabo-verdianos não se entendem sobre confronto físico entre dois deputados

MpD promete afastar deputado da minoria das funções no Parlamento e PAICV pede comissão para investigar o ocorrido

Cinco dias após dois deputados cabo-verdianos terem entrado em confronto físico num dos corredores da Assembleia Nacional, as duas bancadas, MpD, no poder, e PAICV, na oposição, mantêm posições contrárias.

A bancada parlamentar do MPD anunciou que pretende destituir o deputado Moisés Borges, do PAICV, das funções que ocupa no Parlamento, por entender que ele cometeu um acto grave ao agredir o deputado Emanuel Barbosa.

A decisão foi anunciada por Rui Figueiredo Soarres, líder da bancada maioritária.

Em resposta, o PAICV considera a intenção anunciada de precipitada, porque não se deve condenar ninguém sem o apuramento exacto dos factos.

Por isso, Rui Semedo, líder da minoria, pede a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar o eu terá passado.

A UCID, terceiro partido com assento parlamentar, não concorda com a posição do partido maioritário por não constituir o melhor caminho para a normalização da situação.

O deputado João Luís diz que os factos devem ser apurados primeiramente, para depois se punir os culpados.

Os deputados cabo-verdianos Emanuel Barbosa e Moisés Borges envolveram-se numa briga na sede da Assembleia Nacional no dia 9, tendo Barbosa ficado ferido e levado ao hospital.

O presidente do Parlamento, Jorge Santos, chamou a polícia para repor a ordem e deve fazer um pronunciamento dentro de momentos.

Fontes da VOA na Praia indicaram que os dois parlamentares chegaram a vias de facto num dos corredores da Assembleia Nacional quando se dirigiam para participar numa reunião, tendo a briga sido presenciada por uma deputada do MpD. (VOA)

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.