Smiley face

José Mário Vaz exonera ministro do Interior

0 36

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Resposta à manifestação de estudantes pode ter influenciado a decisão.

O presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, exonerou o ministro do Interior, Mutaro Djaló, sob proposta do primeiro-ministro, Aristides Gomes.

O decreto presidencial não evoca as razões do afastamento.

Mas, em Bissau, especula-se que a decisão é consequência da carga policial desta quinta-feira, 8, contra os alunos que protestavam a favor do início das aulas nas escolas públicas.

O comissário da Polícia de Ordem Pública, Celso de Carvalho, nega ter ordenado a intervenção policial contra os manifestantes, dando indicação que a repressão foi da iniciativa dos agentes que estavam na operação.

Mutaro Djaló é homem de confiança do antigo ministro do Interior, Botché Candé, que o indicou para o cargo. Candé é principal conselheiro de José Mário Vaz. (VOA)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »