Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Igreja Metodista Unida promove Feira da Saúde e Acção Social

Mais de 500 pessoas vão beneficiar de consultas médicas e medicamentos grátis de prevenção da malária e outras doenças, durante a 1ª Feira da Saúde e Assistência Social aberta sexta-feira, em Ndalatando, província do Cuanza Norte, numa promoção da Igreja Metodista Unida de Angola.

Em declarações à Angop, o pastor da Igreja metodista Unida central de Ndalatando, Adriano Kilende, salientou que a Feira de Saúde e Acção Social é um projecto de acção social que vai oferecer assistência gratuita na área da saúde, como consultas médicas, testes de malária, glicemia, VIH/Sida, aferição de pressão arterial, entre outros.

O evento, com a duração de três dias, decorre no pátio do templo sede da congregação religiosa, em Ndalatando, localizado no bairro Kipata.

Além de atendimentos gratuitos na área da saúde, vai igualmente prestar orientação jurídica, psicológica e acompanhamento espiritual aos cidadãos que afluírem ao local.

Durante a acção solidária será também efectuada gratuitamente o registo de nascimento de menores e distribuídos mais de mil mosquiteiros impregnados com insecticida.

Adriano Kilende, disse que durante as consultas serão distribuídos medicamentos gratuitos às populações, enquanto os pacientes que carecerem de acompanhamento médico especializado serão encaminhados as unidades sanitárias locais para os devidos tratamentos.

Quarenta e um profissionais, sendo 28 enfermeiros, três médicos, cinco advogados e igual número de psicólogos, constituídos maioritariamente por crentes da referida igreja, asseguram as consultas durante o evento.

O religioso disse que a realização da Feira da Saúde e Acção Social se enquadra na acção social da igreja e visa zelar pelo bem-estar da saúde das pessoas e dos que carecem de assistência médica, jurídica e psicológica de forma grátis, numa altura em que grande parte da população ainda enfrenta dificuldades no acesso a esses serviços.

Com tal iniciativa, disse, pretende-se sensibilizar e ajudar a prevenir doenças com cuidados primários de saúde, além de contribuir para a elevação da cultura jurídica dos cidadãos.

O mesmo considerou importante a realização destas feiras, daí que aquela instituição religiosa tenciona promover iniciativas do género trimestralmente, com a colaboração de outros parceiros.

A Feira da Saúde e Acção Social conta com o apoio da delegação provincial da Justiça e do gabinete provincial da Saúde. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »