Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Filmes da Argentina e Colômbia e série espanhola “La Casa de Papel” vencem prémios Fénix

Os filmes “Pássaros de Verão” (Colômbia) e “Zama” (Argentina) conquistaram esta quarta-feira no México a maioria do prémios ibero-americanos de cinema Fénix, enquanto “La Casa de Papel” (Espanha) foi considerada a melhor série.

“Pássaros de Verão”, dirigido por Cristina Gallego e Ciro Guerra, venceu os prémios de melhor longa-metragem, música original e atriz, este último pelo trabalho de Carmina Martinez.

O filme mais galardoado da cerimónia da 5.ª edição dos prémios Fénix, que teve lugar na Cidade do México, foi o argentino “Zama”, de Lucrecia Martel, que narra a espera de um funcionário da Coroa espanhola que anseia por notícias do rei para que seja retirado do posto de fronteira para o qual foi destacado.

“Zama” conquistou as distinções para melhor direção artística, fotografia de ficção, som e edição.

Como melhor diretor foi reconhecido o cineasta paraguaio Marcelo Martinessi com a sua primeira longa-metragem, “Os Heróis”.

O argentino Lorenzo Ferro ganhou o prémio para o melhor desempenho masculino pela participação no filme “O Anjo”.

O filme colombiano “Matar Jesus” ganhou o prémio para o melhor argumento, enquanto o espanhol “A Biblioteca” venceu na categoria de melhor guarda-roupa.

Desde o ano passado que o festival Fénix deixou de se concentrar apenas nas produções cinematográficas, abrindo categorias para premiar as melhores séries televisivas da região ibero-americana.

Como melhor série foi escolhida a espanhola “A Casa de Papel”, produzida pela Atresmedia em colaboração com a Vancouver Media, enquanto a mexicana “Aqui na Terra” da Fox, foi premiada pelo melhor conjunto de atores pelo trabalho dos mexicanos Tenoch Huerta, Daniel Giménez Cacho e Gael García Bernal, entre outros.

A série “Muitas crianças, um macaco e um castelo”, do espanhol Gustavo Salmeron, ganhou a distinção para o melhor documentário, e “Central Aeroporto THF” ganhou na categoria de fotografia documental.

Os prémios de cinema ibero-americano Fénix são uma iniciativa da associação Cinema23, para “reconhecer e celebrar o trabalho de quem se dedica ao cinema na América Latina, em Espanha e Portugal. (Sapo 24)
por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »