Portal de Angola
Informação ao minuto

Cerca de 5.500 migrantes que querem entrar nos EUA chegaram à Cidade do México

(AFP / PEDRO PARDO) Migrantes hondurenhos seguem em caravana para os Estados Unidos, na estrada que liga as cidades mexicanas de Ciudad Hidalgo e Tapachula

Cerca de 5.500 migrantes que partiram das Honduras a 13 de outubro em direção aos Estados Unidos chegaram na quarta-feira à Cidade do México, informou a Comissão de Direitos Humanos daquele país.

O presidente da comissão, Nashieli Ramirez, deu conta deste novo número numa conferência de imprensa realizada num abrigo destinado aos migrantes localizado num estádio da capital.

Segundo Ramirez, 86% dos migrantes são hondurenhos e os restantes 14% são oriundos da Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Panamá e Costa Rica. A Comissão e o Conselho Municipal do México estão a coordenar a ajuda aos migrantes neste abrigo, que agora está lotado.

Segundo as autoridades, a maior parte da caravana das Honduras já chegou ao México, prevendo-se que outros grupos em atraso cheguem ao México no final da semana. Duas outras caravanas, cada uma com cerca de dois mil migrantes, estão a caminho do sul do México.

Os primeiros migrantes da segunda caravana poderão chegar ao México no próximo sábado, segundo Ramirez.

A maioria dos migrantes da América Central que chegam à Cidade do México está determinada a entrar nos Estados Unidos apesar das ameaças do Presidente Donald Trump, que prometeu impedi-los de entrar no país e enviou cerca de 4.800 militares para a fronteira.

Para escapar da pobreza ou da violência de gangues criminosos, mais de meio milhão de centro-americanos cruzam todos os anos o México na esperança de entrar nos Estados Unidos. (Observador)

por Lusa

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »