Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Sonangol tem três anos para melhorar prestação de contas

Se fosse hoje, a petrolífera não poderia entrar em bolsa. O facto de ainda não ter apresentado o relatório e contas 2017, bem como por anos anteriores as suas contas terem sido aprovadas com reservas dos auditores independentes inviabilizariam o processo.

A Sonangol tem três anos para melhorar as suas prestações de contas, de forma a permitir a dispersão de capital em bolsa, conforme pretende o Governo, uma vez que quer os atrasos nas publicações dos relatórios e contas, quer as reservas dos auditores independentes impedem a privatização em mercado bolsista, confirmaram especialistas ao Expansão.

A petrolífera deverá abrir o capital a privados apenas em 2021, ano em que está previsto o fim do programa de regeneração, que acaba com o seu papel de concessionária.

Numa altura em que está em cima da mesa a revisão da lei das privatizações, que remonta a 1994, e que, face aos objectivos do Governo, carece de actualização, especialistas consultados pelo Expansão dizem que, para cumprir o objectivo de dispersão de capital em bolsa, a Sonangol tem que melhorar a sua prestação de contas. (Expansão)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »