Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Ex-director da Polícia Judiciária Militar recorre de prisão preventiva

O ex-diretor da Polícia Judiciária Militar (PJM) Luís Vieira recorreu da prisão preventiva a que está sujeito no âmbito do caso que investiga os contornos do aparecimento das armas furtadas de Tancos.

Fonte da defesa do ex-diretor da PJM disse à Lusa que o recurso da medida de coação já deu entrada no Tribunal da Relação de Lisboa e que deverá demorar pelo menos mais duas semanas a ser decidido.

Quando se deslocou ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal para ser interrogado pelos procuradores, o coronel Luis Vieira não prestou esclarecimentos, tendo na altura o seu advogado alegado que “o silêncio era a melhor resposta”.

Luís Vieira, o único dos arguidos do caso em prisão preventiva, alegou não quer “perturbar e contribuir para mais intoxicação daquilo que é a informação que tem vindo a denegrir entidades e instituições”, disse o advogado Rui Baleizão a 23 de outubro.

Na Operação Húbris, que investiga o caso da recuperação das armas furtadas em Tancos em 2017, foram detidos outros três responsáveis da PJM, um civil, e três elementos do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Loulé.

O ex-investigador e porta-voz da PJM major Vasco Brazão está em prisão domiciliária.

Na operação Húbris, o Ministério Público, investiga indícios de associação criminosa, denegação de justiça, prevaricação, falsificação de documentos, tráfico de influência, favorecimento pessoal praticado por funcionário, abuso de poder, recetação, detenção de arma proibida e tráfico de armas. (Notícias ao Minuto)

por Lusa

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »