Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Egipto: A misteriosa rampa que poderá ter sido usada na construção das pirâmides

O mistério relacionado com a construção das pirâmides do Egito pode estar mais perto de ser resolvido depois da descoberta feita por um grupo de arqueólogos.

Uma equipa de cientistas que estava a analisar inscrições antigas no Egito descobriu uma rampa com escadarias e alguns buracos próximo da Grande Pirâmide, em Gizé. As novas pistas sugerem que a tarefa de colocar os enormes blocos de pedra usados para construir as pirâmides tenha sido realizada de uma forma mais breve do que pensado.

A teoria de que os antigos egípcios usavam rampas para mover as pedras já tinha sido anteriormente apresentada. No entanto, a estrutura agora encontrada pela equipa anglo-francesa, que data do período da construção da Grande Pirâmide de Gizé, é significantemente mais íngreme do que anteriormente se pensava.

Os cientistas acreditam que a inclusão de degraus em ambos os lados da rampa terá ajudado os construtores a transportar as pedras de uma forma mais eficaz, em vez de simplesmente as arrastarem. A equipa de investigadores defende que os construtores posicionados atrás dos blocos usavam uma espécie de pilar para criar um sistema de roldanas, enquanto que quem estava posicionado na parte superior puxava pelas enormes pedras.

“O sistema que descobrimos permite que mais pessoas estivesse envolvidas na movimentação das pedras, ajudando a mover os blocos de uma forma mais rápida”, explicou, ao “The Guardian”, Roland Enmarch, professor de egiptologia da Universidade de Liverpool e um dos responsáveis pelo projeto que fez a descoberta.

Apesar de ainda não ser possível comprovar que o método foi usado para construir as pirâmides, Roland acredita que a data das inscrições sugere que a plataforma pode ser sido usada nessa época. (Jornal de Notícias)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »