Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Chivukuvuku diz que não faz parte do “Podemos Já” e acusa o TC de fazer “sujeira”

O presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, negou que faça parte do projecto “Podemos-JA”, mas criticou a forma como o Tribunal Constitucional “chumbou” o pedido de reconhecimento daquela formação política.

“Não faço parte do ‘Podemos-JA’ (mas) tenho pena que os nossos tribunais façam mais política partidária do que jurisprudência porque tudo o que o Tribunal Constitucional fez é uma sujeira”, disse o político, que questionou o facto daquela instituição ter rejeitado algumas assinaturas recolhidas pela comissão instaladora, escreve o Jornal de Angola.

“Recusar as assinaturas produzidas pelas administrações municipais é sinal de que o próprio Estado não está bem e não os requerentes”, afirmou Chivukuvuku, à imprensa, no final do acto de investidura de novos dirigentes da CASA-CE.

O líder da terceira maior força política no país sugeriu que os órgãos do Estado, nomeadamente os tribunais, devem ser mais cautelosos nas suas decisões, porque “os seus actos são escrutinados pelo mundo”.

“Os nossos tribunais não percebem que todos os seus actos são escrutinados pelo mundo, temos aqui embaixadas. Num momento em que estamos a dizer que queremos cativar investimento para o país… as pessoas sabem que uma das formas de protecção dos direitos de propriedade são os tribunais. Se eles se apercebem que estes tribunais são da xaxá (de faz de conta), ninguém vai investir o seu dinheiro”, alertou.

Chivukuvuku afirmou mesmo que tem vergonha das instituições do país, mas espera que “estes actores de hoje um dia não estejam lá”, para que haja “instituições mais sérias”.

Aos promotores do projecto “Podemos-JA”, o presidente da CASA-CE deixou uma mensagem de encorajamento. “Espero que os indivíduos protagonistas do “Podemos-JA” continuem a lutar. É um direito de cidadania”, disse. Chivukuvuku afirmou ainda que cabe aos membros do “Podemos- JA” decidir se o novo partido político adere ou não à CASA-CE.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »