Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Estado Islâmico reivindica ataque a peregrinos coptas no Egipto

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou o atentado armado a um autocarro de peregrinos cristãos coptas no Egipto que sexta-feira fez sete mortos.

“Os autores da emboscada a visitantes cristãos na estrada do mosteiro de São Samuel, em Minya, são combatentes do Estado Islâmico”, indicou o órgão de propaganda dos ‘jihadistas’, Amaq, num comunicado divulgado na rede social Telegram.

Homens armados abriram sexta-feira fogo sobre o autocarro em que os peregrinos coptas viajavam para Minya, no centro do país, matando pelo menos sete pessoas, segundo o bispo da província.

Noutro incidente semelhante, 28 peregrinos coptas, incluindo muitas crianças, foram mortos em Maio de 2017, em Minya por homens armados, também quando seguiam a bordo de um autocarro.

O Egipto reagiu na altura a esse ataque, reivindicado pelo EI, com ataques aéreos a campos ‘jihadistas’ na vizinha Líbia.

Um ramo egípcio do EI está a ganhar terreno no norte da península do Sinai, onde ataca regularmente as forças de segurança desde que o exército destituiu o Presidente islamita Mohamed Morsi em 2013.

Também procedeu a ataques contra cristãos, obrigando dezenas de famílias a fugir dessa região no início de 2017.

Em Fevereiro deste ano, o exército egípcio lançou uma grande ofensiva contra os ‘jihadistas’ no Sinai, baptizada como “Sinai 2018”, cujo balanço foi de mais de 450 ‘jihadistas’ mortos.

Os coptas são a maior e a mais antiga comunidade cristã do Médio Oriente, estimada em 10 por cento dos cerca de 100 milhões de egípcios. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »