Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Erdogan diz que ordem para matar Khashoggi ‘veio dos mais altos níveis do governo saudita’

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse nesta sexta-feira (2) que a ordem para matar o jornalista Jamal Khashoggi “veio dos mais altos níveis do governo saudita”. A declaração foi feita em artigo publicado no jornal Washington Post.

Erdogan, contudo, descartou a participação do rei Salman: “não acredito nem por um segundo que o rei Salman, o guardião das sagradas mesquitas, tenha ordenado o ataque a Khashoggi.”

Erdogan ressaltou que “não há razão para acreditar que seu assassinato tenha reflectido a política oficial da Arábia Saudita” e que “seria errado” ver o episódio como um “problema” para a relação dos dois países.

No entanto, ele também deixou claro que a amizade entre a Arábia Saudita e a Turquia “não significa que vamos fechar os olhos para o assassinato premeditado que se desdobrou diante de nossos olhos”.

Erdogan criticou a investigação saudita até agora e disse que há “esforços de certos oficiais” para encobrir o crime.

“Embora Riad tenha detido 18 suspeitos, é profundamente preocupante que nenhuma ação tenha sido tomada contra o cônsul geral da Arábia Saudita, que mentiu à mídia e fugiu da Turquia pouco depois.”

Khashoggi, que escrevia para o Washington Post, foi morto no dia 2 de outubro dentro do consulado da Arábia Saudita em Istambul, onde foi buscar os papéis para seu casamento com uma turca. Seu corpo foi desmembrado e dissolvido em ácido, afirmou Yasin Aktay, assessor de Erdogan dentro do partido AKP, em entrevista ao jornal “Hürriyet”. (Sputnik)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »