Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

TAAG retoma ligações entre Cabo Verde e Angola ainda este ano

Ministro angolano dos Transportes fez o anúncio no início de uma visita à Praia.

A companhia aérea angolana de bandeira TAAG deverá retomar os voos entre Luanda e Sal, antes do final do mês de Dezembro, revelou nesta sexta-feira, 2, o ministro angolano dos Transportes, Ricardo Viegas d’Abreu.

Depois de um encontro com o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, na Praia, no início de uma visita ao arquipélago, Viegas d’Abreu disse que as equipas técnicas da TAAG e da TACV, de Cabo Verde, estão a ultimar os pormenores.

Depois de vários anos a voar para o arquipélago, a TAAG suspendeu as ligações áreas com a Praia em finais de 2016, alegando que as operações não eram rentáveis e acabou mesmo por encerrar a delegação que possuía na capital cabo-verdiana.

A situação caiu mal no seio da comunidade são-tomense residente em Cabo Verde e nos cabo-verdianos radicados em São Tomé e Príncipe.

Aliás, esta foi uma das maiores preocupações levantadas aquando da visita que o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, efectuou vem Junho passado, às terras do Rei Amador.

O ministro angolano Ricardo Viegas d’ Abreu esclareceu, no entanto, que a nova ligação realiza-se numa perspectiva diferente e que passa pela sua sustentabilidade financeira.

O presidente da Câmara do Comércio de Sotavento, Jorge Spencer Lima, aplaude a possibilidade da retoma de voos e diz esperar que as duas companhias encontrem as “melhores vias para que esta operação seja sólida e tenha longos anos de vida”.

Por sua vez, o presidente da Associação dos São-tomenses Radicados em Cabo Verde, Simão de Pina, mostra-se triste pelo facto da anunciada retoma de voos não contemplar o percurso Luanda/São Tomé/Praia.

Em conversa com a VOA sem gravar entrevista, aquele dirigente associativo disse esperar ainda que no decorrer das negociações alguma decisão seja tomada a favor da comunidade são-tomense que necessita de um meio de ligação com o seu país de origem. (VOA)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »