Smiley face

Cunene acolhe acto nacional do 11 de Novembro

0 32

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A cidade de Ondjiva, sede capital da província do Cunene, acolhe o acto central do 43ª aniversário da independência nacional, a assinalar no próximo dia 11 de Novembro.

A informação foi prestada hoje, quinta-feira, pela governadora interina, Albertina Teresa José, durante o acto de abertura das jornadas alusivas ao dia da independência nacional.

Na ocasião, Albertina José destacou a importância da data, tendo ressaltado o empenho de milhares de angolanos e a figura do fundador da nação, António Agostinho Neto.

Este ano as celebrações do 11 de Novembro decorrem sob o lema “Unidos na Construção de Uma Angola Melhor”. A jornada reserva inaugurações de empreendimentos sociais e económicos, palestras, realização de culto ecuménico, bem como actividades musico-culturais e desportivas entre outras.

Cuanza Norte

Ainda sobre a data, na província do Cuanza Norte, o governador José Maria Ferraz dos Santos, pediu hoje, na cidade de Ndalatando, maior unidade e engajamento nas actividades e acções comemorativas dos 43 anos da independência nacional.

Numa declaração, o governo provincial relembrou que a conquista da independência custou muitos sacrifícios aos angolanos.

Uíge

Na cidade do Uíge, província homónima, o secretário do Governo Provincial, Leonardo Kiala Bongo, falou do contributo dos heróis na luta de libertação.

Leonardo Kiala Bongo falava nesta quinta-feira durante uma palestra com estudantes do Instituto Médio de Administração e Gestão do Quituma,

Para o responsável, a independência nacional constitui um importante ganho para o país, além de ter aberto o caminho ao desenvolvimento do país.

Malanje

Em Malanje, o governador provincial, Norberto dos Santos, considerou o 11 de Novembro de 1975, um marco histórico da unidade nacional.

O governador sublinhou a necessidade da preservação da independência e manutenção da paz social, com vista a construção de um Estado cada vez mais democrático e de direito.

Moxico

Os angolanos estão a viver uma nova fase de vida, virada à reconstrução e ao progresso do país. A afirmação foi feita pelo vice-governador do Moxico para o sector Político, Económico e Social, Carlos Alberto Masseca, durante o acto de abertura das actividades alusivas às comemorações do 43º aniversário da independência nacional.

Cuando Cubango

Cuando Cubango, o director do gabinete provincial da educação, Miguel Canhime, sublinhou as conquistas resultantes da autonomia que Angola com a liberdade.

O docente universitário fez essa referência quando dissertava o tema “Unidos na construção de uma Angola Melhor”, palestra que marcou, a nível da província, a abertura das actividades comemorativas ao 43º aniversário da Independência Nacional. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »