Smiley face

Camarões: Missionário americano morre em fogo cruzado entre Exército e rebeldes

0 34

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Fontes hospitalares confirmaram nesta quarta-feira, a morte de um missionário dos Estados Unidos durante um combate entre o Exército e milícias separatistas camaroneses em Bemenda, no noroeste do país, noticiou a prensa Latina.

Identificado como Charles Trumann Wesco, pai de oito filhos, circulava na sua viatura quando foi atingido por um disparo na cabeça que lhe causou à morte, apesar dos vários esforços para salvá-lo, disse um porta-voz do centro de saúde.

Fontes oficiais reportaram a detenção de um número indeterminado de pessoas suspeitas de provocar a morte do missionário, nativo do estado de Indiana (noroeste).

Bamenda é a capital da região noroeste camaronesa que tal como o sudoeste está habitada por membros da minoria comunidade anglófona, cujos líderes políticos proclamaram no ano passado, a república separatista de Ambazonia, que nunca foi reconhecido por nenhum país do mundo.

Ambas regiões são cenários de uma guerra aberta entre Exército e a Polícia de um lado, e uma milícia separatista do outro, na qual mais de uma centena de pessoas perderam à vida, entre as quais civis não beligerantes, para além de centenas de milhares de refugiados em outros países e áreas do país em busca de segurança.

O conflito armado agudizou-se na sequência da vitória do presidente Paul Biya, 81 anos, eleito para um sétimo mandato consecutivo, desde que assumiu o poder em 1982, nas eleições do passado 07 de Outubro.

Os anglófonos camaroneses queixam-se de discriminação por parte dos membros da maioria francófona. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »