Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Autoridades turcas querem que governo saudita informem o paradeiro do jornalista assassinado

A Turquia quer que as autoridades sauditas informem o paradeiro do corpo do jornalista assassinado Jamal Khashoggi, morto no mês passado no consulado saudita em Istambul, informou o ministro da Justiça nesta quinta-feira, escreve a Reuters

A Turquia espera que a Arábia Saudita coopere na investigação e não deve haver acobertamento, disse o ministro Abdulhamit Gul a repórteres.

“Estamos procurando respostas para a questão de onde está o corpo”, disse ele.

Khashoggi escreveu uma coluna para o Washington Post que criticava o governo saudita e seu governante de fato, o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

O governo saudita inicialmente negou que Khashoggi tenha sido morto e depois disse que morreu em uma operação não planejada. Na semana passada, o promotor público do reino, Saud Al Mojeb, disse que o ataque foi premeditado.

“Este caso não pode ser encoberto, e esperamos uma cooperação próxima das autoridades sauditas na investigação que estamos conduzindo de forma transparente e meticulosa”, disse Gul.

O promotor-chefe de Istambul, Irfan Fidan, disse após conversações com Mojeb na segunda e na terça-feira que Khashoggi foi sufocado em um assassinato premeditado assim que entrou no consulado, e seu corpo foi desmembrado e descartado.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »