Smiley face

Autoridades turcas querem que governo saudita informem o paradeiro do jornalista assassinado

0 17

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Turquia quer que as autoridades sauditas informem o paradeiro do corpo do jornalista assassinado Jamal Khashoggi, morto no mês passado no consulado saudita em Istambul, informou o ministro da Justiça nesta quinta-feira, escreve a Reuters

A Turquia espera que a Arábia Saudita coopere na investigação e não deve haver acobertamento, disse o ministro Abdulhamit Gul a repórteres.

“Estamos procurando respostas para a questão de onde está o corpo”, disse ele.

Khashoggi escreveu uma coluna para o Washington Post que criticava o governo saudita e seu governante de fato, o príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

O governo saudita inicialmente negou que Khashoggi tenha sido morto e depois disse que morreu em uma operação não planejada. Na semana passada, o promotor público do reino, Saud Al Mojeb, disse que o ataque foi premeditado.

“Este caso não pode ser encoberto, e esperamos uma cooperação próxima das autoridades sauditas na investigação que estamos conduzindo de forma transparente e meticulosa”, disse Gul.

O promotor-chefe de Istambul, Irfan Fidan, disse após conversações com Mojeb na segunda e na terça-feira que Khashoggi foi sufocado em um assassinato premeditado assim que entrou no consulado, e seu corpo foi desmembrado e descartado.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »