Notícias de Angola - Toda a informação sobre Angola, notícias, desporto, amizade, imóveis, mulher, saúde, classificados, auto, musica, videos, turismo, leilões, fotos

Polícias corruptos: Comandante-geral promete combater “essas batatas podres”

O comandante-geral da Polícia Nacional (PN), comissário-geral Paulo de Almeida, manifestou-se preocupado com “o número de polícias envolvidos em acções criminais”, garantindo que vai combater “essas batatas podres” no seio da corporação.

“Todas as semanas, para não dizer dias, registamos a participação de um ou outro agente da polícia envolvido em acções criminais. Isso tira-nos a autoridade”, lamentou Paulo de Almeida, falando esta sexta-feira, 26, numa cerimónia de formatura dos efectivos da PN, no âmbito da “Operação Resgate, avança o Novo JornaL Online.

Segundo o comissário-geral, citado pela agência Lusa, vários agentes praticam “burlas, falsificações e extorsões a cidadãos”, realidade que promete combater sem tréguas.

Os “batuqueiros e penteadores” serão “banidos da corporação”, garantiu o comandante-geral da PN, sublinhando que os efectivos envolvidos em crimes frustram a acção policial.

“Quero aqui dizer que, em representação de toda a polícia do país, temos de combater essas batatas podres no nosso seio”, reforçou Paulo de Almeida, defendendo que “a ordem deve começar no seio da polícia”.

Como tal, o comissário-geral apelou à “vigilância” dos agentes da polícia e da sociedade para que “denunciem essas práticas”, permitindo “neutralizar agentes que, a coberto da farda, cometem diariamente crimes diversos”.

Paulo de Almeida insistiu que os agentes têm de dar o exemplo, porque se a PN quer resgatar a ordem, esforço que a partir de Novembro está em marcha com a “Operação Resgate”, tem, de garantir que os seus homens são “ordeiros e disciplinados”

“Não queremos realizar uma operação com essas manchas no nosso seio. É preciso que cada um seja o vigilante do outro, é preciso que cada um identifique e denuncie aqueles que estão com comportamentos marginais no nosso seio. É preciso ganhar e resgatar a confiança da população à polícia nacional”, reforçou o comandante.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »