Ensa
Portal de Angola
Informação ao minuto

Culpados “vão ser julgados até às últimas consequências”

(© Getty Images)

Donald Trump iniciou o seu discurso na Casa Branca, esta sexta-feira, com uma actualização sobre o caso dos pacotes suspeitos. O presidente norte-americano parabenizou as forças de autoridade pela rápida detenção e deu a entender que estará em causa mais do que um suspeito.

“Fico muito feliz por informar que as autoridades detiveram um suspeito, que está sob custódia policial”, indicou Donald Trump, referindo-se à detenção de Cesar Sayoc Jr., de 56 anos de idade.

O presidente norte-americano fez esta sexta-feira uma actualização sobre o caso dos pacotes suspeitos nas declarações iniciais de um discurso dirigido à ‘Youth Black Leadership’, a partir da Casa Branca.

“Estes actos terroristas são desprezíveis e não têm lugar no nosso país”, continuou, garantindo que existirá “uma justiça certa e rápida” e que “ele, ela ou eles vão ser julgados até às últimas consequências”.

Donald Trump asseverou que “nunca vai ser permitido que a violência política ganhe raízes na América”. “Farei tudo o que estiver ao meu alcance para o parar imediatamente”, acrescentou.

“A América precisa de se unificar, mostrar ao mundo que estamos juntos”, repetiu.

O presidente norte-americano deixou rasgados elogios às forças de autoridade, nomeando a polícia federal (FBI), os Serviços Secretos, o Departamento de Justiça e a Procuradoria-geral, mas também todas as autoridades locais e estaduais. “Era como encontrar uma agulha num palheiro, fizeram um trabalho incrível”, afirmou. (Notícias ao Minuto)

por Anabela de Sousa Dantas

Também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais

Translate »